Língua, literatura e preconceito

3 minutos Por Ernani Terra © Monteiro Lobato já foi a bola da vez. Sua obra foi acusada de racista e quiseram proibi-la de ser entregue aos nossos estudantes. Houve um tempo, em que se insurgiram contra o pó de pirlimpimpim, porque era uma manifestação de drogas alucinógenas (nem só quem toma LSD, viaja!). O que me chama a atenção é por que escolheram Lobato para ser malhado e não só no sábado de Aleluia, se manifestações de preconceito  podem ser encontradas em outros Continue lendo

O bebê de tarlatana rosa

7 minutos Por Ernani Terra © Terminadas as festas de fim de ano, começam os preparativos para o carnaval e todos têm alguma história de carnaval para contar. Na minha opinião, o conto O bebê de tarlatana rosa, de João do Rio,  é um dos melhores contos brasileiros cuja história se passa no período carnavalesco. No livro, O conto na sala de aula, que escrevi em parceria com Jessyca Pacheco, comentamos esse conto e o reproduzimos na íntegra. Aqui, falarei dele em rápidas pinceladas. Em Continue lendo

Obrigado a todos

menos de 1 minuto Comecei este blogue em 20 de dezembro e tenho procurado mantê-lo ativo postando com relativa frequência: já foram 17 posts. Agradeço a todos que dedicaram um tempinho para ler o que escrevo. Fico feliz.  O blogue não completou um mês e hoje chegou ao visitante número 1000. Isso que me dá um incentivo enorme para continuar publicando, ao mesmo tempo em que aumenta minha responsabilidade de postar coisas relevantes. A todos vocês, o meu muito obrigado.

Qual o erro da manchete?

3 minutos Por Ernani Terra © Leia, pense um pouco e responda qual o erro desta manchete de jornal? Se você falou que o erro está na concordância, não está errado, mas o problema dessa manchete vai muito além de um erro gramatical, pois para construir o sentido você teve de fazer um esforço desnecessário. Além do que, ao lê-la, achou que havia alguma coisa estranha. Em outras palavras: a manchete não é muito clara. O grande problema dessa manchete não é o erro Continue lendo

Matéria Derradeira

4 minutos   Por Ernani Terra © Neste post, faço algumas considerações sobre o livro, Matéria derradeira, de Jessyca Pacheco, publicado pela Editora Córrego, lançado no segundo semestre de 2015. É seu livro de estreia e apresenta trinta poesias e um conto, Fragmentos.  Neste texto,  não vou fazer análise ou comentário de algum texto em particular. Os motivos são dois: o primeiro é que não quero tirar o prazer do contato direto com os textos de Jessyca Pacheco; o segundo é que este blogue Continue lendo